O Blog esta em atividade normal, seja um membro participante, faça logim ... é fácil e rápido ...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

COMPANHIA VIAÇÃO FÉRREA SÃO SIMÃO




COMPANHIA VIAÇÃO FÉRREA SÃO SIMÃO


Com o fechamento da CIA MELHORAMENTOS DE SÃO SIMÃO, estava terminada a luta e São Simão ficava privado de uma empresa que muito poderia contribuir tanto no setor ferroviário, como em outros setores uma empresa que ia bem e progredindo e já tendo autorização para dobrar o seu capital, foi lamentável forçar a sua liquidação por um empreiteiro despeitado (Pedro Vaz de Almeida) que teve seu contrato cancelado por interesses ocultos, e que requereu sua liquidação e a cidade não teve sorte.

Em 20 de janeiro de 1897 foi lavrado o termo de posse do Patrimônio pelos síndicos e foram os bens arrolados:- 32 km de linha com trilhos e dormentes e obras de arte, duas locomotivas (Baldwin), carros, vagões, gaiolas, e aparelhos de telégrafos e 32 km de linha telegráfica, esses bens foram arrematados por várias pessoas num total de Cinquenta e Seis Contos de Réis, “estava extinta definitivamente a Cia”.

Às 13 horas do dia 30 de outubro de 1897, no escritório do Dr. Leal Costa, em São Simão, presentes os subscritores das ações da ex-Cia Dr. Jorge Fairbanks como incorporador inicia uma Assembleia Geral para instalação de uma nova Cia, com um novo nome: COMPANHIA VIAÇÃO FÉRREA SÃO SIMÃO, e propõe nova diretoria.


DIRETORIA

Presidente: Domiciano José Correia
Secretário: José Antônio Fernandes Lapa
Diretor: Dr. Jorge Cesimbra Fairbanks

CONSELHO FISCAL

Daniel Roberto Grassmann
Filinto Antônio Fernandes Lapa
Luiz Antônio da Silva

SUPLENTES

José Osório Corrêa
José Ferreira de Azevedo


Dr. Jorge Fairbanks como Diretor, reabre o tráfego que estava paralisado desde a nulidade da ex-Cia, reinicia o assentamento da linha no sentido Serra Azul, e já tendo inaugurado a estação de Santa Maria em 16 de janeiro de 1898, a situação financeira da extinta Cia Melhoramentos que era boa, tornou-se difícil nesta nova, e para poder prosseguir com os trilhos até Serra Azul, ela foi hipotecada ao Dr. Henrique Santos Dumont em 18 de outubro de 1898, por 45 contos de réis num prazo de 3 anos.

A posição da nova estrada foi agravando terrivelmente e em dezembro mudaram o horário dos trens de passageiros, o trem M.2 partia diariamente às 10 horas e passou a correr dia sim dia não, tinha a estrada na ocasião 41 km de linha.

Em fevereiro de 1901 Dr. Henrique Santos Dumont propôs uma ação para cobrar a dívida, tendo sido nomeado depositário Dr. Guido Maestrello, o qual solicitou ao Juiz de Direito autorização para a estrada continuar trafegando. O crédito hipotecário foi adquirido por 35:750$000 por Dr. Júlio Bandeira Vilella, que pediu o levantamento da penhora e vendeu ao Dr. Jorge Fairbanks em 8 de junho de 1901.

Terminado de levantar a penhora dos bens, em 17 de junho de 1901 o Dr. Jorge Fairkanks tornou-se o único dono, e desaparecendo definitivamente a Cia Viação Férrea São Simão, que teve apenas 4 anos de duração.



Texto:
José Roberto França

Nenhum comentário:

Postar um comentário